+55 31 3263-1100 Rua Tomé de Souza, 845, 2º andar, Funcionários, Belo Horizonte - MG

O que é Arborização Urbana e quais as suas Vantagens

 

Arborização Urbana é um termo que vem sendo utilizado com muita frequência nos últimos tempos e que, em um primeiro momento, nos remete a uma simples interpretação: plantio de árvores no meio urbano.

Porém, por trás desta básica definição, existe uma grande área de estudo que ainda é pouco conhecida pela maioria. Área esta que possui princípios bem consolidados, e que vem trazendo muitas vantagens para nossas vidas.

Nas cidades, as árvores desempenham um papel muito importante na melhoria da qualidade de vida da população e do meio ambiente.

Entre os benefícios podemos citar: bem-estar psicológico, efeito estético, sombra para os pedestres e veículos, proteção contra o vento, diminuição da poluição sonora, redução do impacto da água de chuva, auxílio na diminuição da temperatura e preservação da fauna silvestre.

Contudo, este trabalho não deve ser feito de forma aleatória, já que só será realmente efetivo quando realizado um bom planejamento de arborização para tal.

É de responsabilidade da gestão pública de cada município este planejamento, desde sua concepção até sua implantação e manutenção através da disponibilização de técnicos e agentes ambientais capacitados para as etapas de plantio, poda de árvores e supressão.

Nesta análise deve-se levar em consideração não somente as características peculiares de cada cidade (valores culturais, ambientais e de memória), como também aspectos importantes para se garantir a segurança e a mobilidade dos cidadãos e evitar situações conflitantes entre a arborização e equipamentos urbanos como fiações elétricas, postes de iluminação, muros e passeios. É escolher “a árvore certa para o lugar certo”, e é neste ponto que deverão ser utilizados os princípios da arborização urbana.

O primeiro passo para se ter um planejamento bem-sucedido, é providenciar o inventário das árvores já existentes. Neste momento, uma ferramenta tecnológica que permita o cadastro e visualização das árvores de forma rápida e fácil pode ajudar bastante no processo.

Este inventário deve conter o maior número de informações possível sobre os espécimes já existentes e os locais onde estão situados. Conhecendo-se o patrimônio arbóreo da cidade com a qual irá se trabalhar, é possível avaliar melhor onde e como atuar.

Com o inventário em mãos, torna-se possível compreender a relação entre as árvores e o local onde elas estão inseridas: a compatibilidade entre seu porte (raízes, tronco e copa) e o espaço disponível, as condições sanitárias existentes e sua adaptação. Todas estas informações, aliadas aos princípios da arborização urbana, irão definir quais espécies de árvores deverão ser utilizadas.

 

Na arborização urbana são várias as condições exigidas de uma árvore, a fim de que possa ser utilizada sem acarretar inconvenientes, sendo que, entre as características desejáveis, destacam-se: (PIVETTA & SILVA FILHO, 2002)

  1. Resistência a pragas e doenças;
  2. Velocidade de desenvolvimento média para rápida;
  3. A árvore não deve ser do tipo que produz frutos grandes;
  4. Os troncos e ramos das árvores devem ter lenho resistente, para evitar a queda na via pública, bem como, serem livres de espinhos;
  5. As árvores não podem conter princípios tóxicos ou de reações alérgicas;
  6. A árvore deve apresentar bom efeito estético;
  7. As flores devem ser de preferência de tamanho pequeno, não devem exalar odores fortes e nem servirem para vasos ornamentais;
  8. A planta deve ser nativa ou, se exótica, deve ser adaptada;
  9. A folhagem dever ser de renovação e tamanho favoráveis, já que podem causar entupimento de calhas e canalizações, quando não, danificar coberturas e telhados;
  10. A copa das árvores devem ter forma e tamanho adequados ao ambiente
  11. Quanto às raízes, estas devem ser profundas, para evitar que a árvore venha a prejudicar as calçadas e as fundações dos prédios e muros.

 

Pode-se concluir, com toda certeza, que a implantação de árvores nas cidades proporciona uma grande melhora na qualidade de vida da população.

Porém, a administração pública ainda tem um longo caminho a percorrer no que se diz respeito à correta utilização dos princípios da arborização urbana, afim de tornar o ambiente das cidades ao mesmo tempo agradável e eficiente, respeitando tanto o Homem como a Natureza.

 

Redação: Viviane Coelho – Analista de Requisitos da Digicade
Revisão: Camilla Greco – Analista de Marketing Digicade

 

__________________________________________________________________________

SAIBA MAIS SOBRE SOLUÇÕES PARA ARBORIZAÇÃO URBANA:

banner arborização urbana

2 comments on “O que é Arborização Urbana e quais as suas Vantagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *