fbpx
+55 31 3263-1100 Rua Sergipe, 1440 - Sala 07-111, 7º andar, Savassi, Belo Horizonte / MG

Entenda porque sua Empresa Precisa Incluir a Inteligência Geográfica na Gestão

inteligência geográfica empresas

Inteligência Geográfica – você certamente já ouviu esse termo por aí e convive com os componentes dele diariamente em dispositivos tecnológicos como os smartphones, GPS’s, computadores e tantos outros presentes em estabelecimentos comerciais, agências bancárias, empresas, etc.

O uso da inteligência geográfica no dia a dia das pessoas é uma realidade inevitável e essencial. E essa realidade não pode ser diferente nas organizações, que para se manterem produtivas e competitivas precisam transformar seus dados em informações úteis e assim tomar decisões assertivas em vários setores.

No entanto, a maioria das empresas brasileiras ainda não consegue trabalhar na prática com esse recurso, ou seja, não possuem ferramentas que trabalhem informações geográficas integradas a tecnologia.

Veja alguns números americanos:

De acordo com a Forrester, 63% dos negócios nos EUA estão utilizando tecnologia de localização de alguma maneira – em Operações (66%), em Marketing (65%), TI (63%), ou Vendas (43%). Outros números mostram que 51% das empresas americanas utilizam soluções SIG Web em seu negócio, 36% usam de Mobilidade em suas operações, porém menos de 5% dos funcionários utilizam dados geoespaciais para a tomada de decisão. (fonte: Google Maps APIs)

É importante entender como a geolocalização e outros componentes geográficos podem alavancar os processos de empresas de todos os portes e vários ramos de atividade. Veja neste artigo quatro bons motivos para que sua empresa passe a utilizar a inteligência geográfica a seu favor.

 

Análise de dados com localização

As empresas possuem diversos softwares de gestão como ERP’s, CRM’s e tantos outros. Porém, ainda falta um ponto essencial para a análise de seus dados: a localização.

Localizar rapidamente a equipe de trabalho, rastrear frotas e ativos, definir oportunidades por meio de avaliações regionais; tudo usando apenas um MAPA – isso é gerenciar a partir da localização. A inteligência geográfica supre essa demanda ao georreferenciar os dados em tempo real, auxiliando então na agilidade das decisões.

 

Redução de custos

Um dos grandes gargalos das empresas em geral é sem dúvida o custo operacional, principalmente em setores de produção e serviços. Vários fatores influenciam nestes custos como falta de organização das equipes que gera retrabalhos e paradas; falta de visão do todo da gerência que impede de prever situações de maior gasto e assim por diante.

A Inteligência Geográfica quando aplicada em setores específicos traduz um grande benefício para as empresas – a redução de custos, que acontece quando os processos passam a estar mais organizados e são acompanhados em tempo real por meio de mapa digital.

 

Aumento da produtividade

Acredito ser este um dos principais benefícios da inteligência geográfica nas empresas, se não o principal. Produtividade é palavra de ordem em qualquer setor de uma organização e para tanto é preciso organização das atividades e controle constante.

Ao trabalhar com informações precisas (em tempo real), por meio de sistemas de informação geográfica, uma empresa consegue oferecer subsídios para que suas equipes trabalhem de forma mais eficiente, prevendo recursos, tempo e mão de obra necessários nos trabalhos, além de uma infinidade de outras possibilidades que contribuem para a produtividade em geral.

Cerca de 40% das empresas que usam Inteligência Geográfica relatam aumento da produtividade, 37% das empresas reportam aumento da eficiência interna e 50% usam o Google Maps para incrementar a satisfação do cliente. (fonte: Google Maps APIs)

 

Agilidade nas decisões

E por fim, porém não menos importante, é preciso entender a mudança drástica nas tomadas de decisões proveniente do uso dos recursos da inteligência geográfica.

Ao aplicar este conceito em todos os processos que demandam análises essenciais e urgentes para o dia a dia, o gestor do setor de logística, por exemplo, pode adaptar seu processo de distribuição ao avaliar o tempo gasto nas rotas atuais. Ou ainda um gerente de marketing pode avaliar profundamente as informações demográficas e sociais de cada região para traçar estratégias de expansão ou lançamento de novos produtos de acordo com a localização de seu público alvo. Tudo isso acessando informações georreferenciadas, suportadas por ferramentas tecnológicas especializadas em inteligência geográfica.

Enfim, você tem pelo menos quatro grandes motivos para considerar o uso desse importante recurso geográfico integrado à tecnologia de ponta para a gestão da sua empresa.

Pense nas inúmeras melhorias de processos ao implantar um sistema que trata a inteligência geográfica aplicada ao seu negócio. Sei que vai concordar com tudo o que foi colocado neste artigo e certamente irá procurar por soluções nesta área. Já podemos ver que hoje 30% das buscas no Google contêm o contexto localização ou referência geográfica, o que mostra o aumento do interesse das empresas pelo tema.

Bons negócios!

 

Redação: Camilla Greco – Analista de Marketing da Digicade

 

Quer incluir a inteligência geográfica na sua gestão?

Conheça o Geosite – solução customizada para cada modelo de negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *